Executivas criam grupo para fortalecer presença feminina em infraestrutura

Veja: Executivas criam grupo para fortalecer presença feminina em infraestrutura

Mulheres executivas de infraestrutura criam grupo para fortalecer presença feminina no setor

Por Roberta Paduan

Um dos objetivos do Infra Women é formar um banco de dados de executivas de infraestrutura. “O fato de sermos poucas e estarmos dispersas, dificulta a indicação quando surgem vagas para posições executivas e conselhos de administração, mesmo quando a preferência é por uma profissional mulher”, diz Fabiana Repucci, diretora-executiva da CCI (Concessões e Construções de Infraestrutura) e presidente do conselho de administração da GPA, empresa que construiu e administra uma penitenciária em Minas Gerais.

Outra ação prática do grupo é o programa de mentoria de jovens lideranças. “Vamos promover o contato entre as jovens e as mais experientes do grupo, não só como forma de apoiar o desenvolvimento profissional, mas também para ajudar a pensar o futuro do setor e contribuir com o desenvolvimento econômico do país”, diz Isadora Cohen, ex-secretária de Estado do Programa de Desestatização de São Paulo e atual sócia diretora da KPMG.


Matéria publicada originalmente no site da VEJA em 07 de março de 2020. Link aqui

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Outras Notícias